O papel social da sustentabilidade

O tema sustentabilidade vem galgando novos espaços na agenda do setor produtivo. Atualmente as ações são mais abrangentes, equalizando a distribuição dos benefícios entre os vários setores da cadeia produtiva. Além disso as ações não mais se restringem ao cuidado para reduzir a emissão de gases nocivos, ou diminuir a liberação de agentes poluentes em rios e afluentes. Cuidar e garantir a qualidade de vida da humanidade, assim como gerar novos postos de trabalho, são metas entre as empresas, para melhorar a reputação no mercado, assim como atender as expectativas dos consumidores com maior consciência ambiental.
Essa postura torna-se cada vez mais importante para a sobrevivência das empresas. Com o dinamismo das comunicações, o mercado está muito mais conectado, e mais suscetível ao feedback dos consumidores. Decisões priorizando o zelo pelo ambiente, e pela conjuntura social em que as companhias estão inseridas é um item vital no mercado.

O posicionamento das empresas pode contribuir com transformações efetivas e duradoras, para que a sociedade seja capaz de aproveitar melhor os recursos naturais, e insumos de produção. O uso atual de recursos naturais é conduzido com um déficit de 30%, ou seja, consumimos mais recursos do que o planeta poderia repor naturalmente. Para que a consequente degradação ambiental seja revertida, é necessário equilibrar a desigualdade do acesso a esses recursos. Sob essa perspectiva, o mercado da reciclagem se apresenta como a melhor solução, assim como a busca por diferentes fontes de energia.
A busca pelo equilíbrio é um estímulo à inovação e geração de novas ideias.

Sustentabilidade é um assunto que necessita ser discutido

O Recicla Nordeste 2016 é uma oportunidade de ter contato com iniciativas sustentáveis, o tema desse ano é “Um ciclo de oportunidades para gerar negócios”, com estandes e palestras abordando o assunto. A visitação é gratuita. Clique aqui para fazer sua inscrição.

recicla nordeste