Economia Circular, o que é?

Devido a constante pressão internacional para reverter os problemas socioambientais causados pela produção insustentável do fast fashion, a indústria da moda terá que se adequar aos novos métodos de produção do século XXI, focados na Indústria 4.0 e economia circular. Várias iniciativas para tornar a moda mais ética e sustentável estão surgindo pelo mundo todo, e estão sendo propostas por diversas organizações e empresas.

BS8001, o primeiro padrão mundial de Economia Circular

Recentemente foi lançado o primeiro padrão para implementação dos princípios de economia circular, o BS8001, visando evoluir a antiquada e poluente economia linear, para a inovadora e sustentável economia circular. Este novo padrão irá abordar a normalização no âmbio da gestão dos recursos, apoiar o planejamento, execução, avaliação e revisão do pensamento da economia circular. A intenção é que qualquer organização possa usar esse padrão, não importa em qual estágio esteja caminhando para o novo modelo circular.

Trata-se de uma mudança em toda a maneira de consumir, do design dos produtos até a nossa relação com as matérias-primas e resíduos

No meio ambiente, restos de frutas consumidas por animais se decompõem e viram adubo para plantas. Esse conceito também é chamado de “cradle to cradle” (do berço ao berço), onde não existe a ideia de resíduo, e tudo é continuamente nutriente para um novo ciclo.



OS 5Rs DA ECONOMIA CIRCULAR

Repensar

Refletir sobre os processos sócio-ambientais de produção (matéria-prima, condições de trabalho e distribuição.

Reduzir

Diminuir a geração de lixo, isto é, desperdiçar menos e consumir apenas o necessário. Reduzir a quantidade de embalagens.

Recusar

Evitar o consumo exagerado e e desnecessário recusando produtos que causem danos ao meio ambiente.

Reciclar

Transformar algo usado, em algo novo, por meio de processos industriais

Reutilizar

Dar uma nova utilidade a materiais que, na maioria das vezes, consideramos inúteis e descartamos. Deve-se reutilizar sempre que possível.

Atualmente, nosso sistema produtivo funciona de forma linear, o que não é sustentável devido ao grande acúmulo de resíduos, exploração excessiva de recursos, etc. Nós exploramos a matéria-prima, produzimos bens e depois os descartamos. A obsolescência programada gera resíduos que não recebem novos usos e se acumulam exponencialmente. Para se ter noção, no Brasil, temos hoje mais de 190 milhões de habitantes gerando resíduos. De acordo com dados do IBGE, cada brasileiro produz quase um quilo de lixo por dia, ou seja, 183 mil toneladas diárias (saiba mais sobre resíduos sólidos urbanos).

Sistema Linear de produção

Sistema Circular de produção